O isolamento social decorrente da pandemia do novo coronavírus fez com que muitos negócios fechassem suas lojas quase de forma instantânea. Sem poder vender ou receber clientes, empreendedores ainda buscam fontes alternativas de receita. Pensando nisso, a venture builder Videvince, lançou a plataforma gratuita Apoiio.

Na prática, a ideia abre a oportunidade para consumidores ajudarem os negócios durante a crise. O interessado deve fazer um cadastro e comprar um voucher de uma loja listada na plataforma. O valor é repassado de forma integral para o dono do estabelecimento, que se compromete a entregar o produto ou serviço quando o isolamento acabar.

Ferramenta já ajudou mais de 70 empresas de forma gratuita

“Quando entendemos a real extensão da crise e que muitas empresas ficariam praticamente sem receita, decidimos agir. Criamos a plataforma em menos de 15 dias e toda a equipe foi envolvida no processo”, comenta Pedro Salles Leite, CEO da Videvince e idealizador do projeto Apoiio.

O Apoiio, como é chamado o marketplace, está no ar desde o dia 8 de abril e já conta com mais de 70 empresas cadastradas. A maior parte dos negócios que procuraram o serviço são restaurantes, salões de beleza e prestadores de serviço.

A Videvince não cobra nada pela utilização da ferramenta. O objetivo é chegar ao fim da quarentena com uma base de milhares de empreendimentos. “Ficamos felizes em poder ajudar em um momento tão delicado como este. Se todos fizerem algo e ajudar um pouquinho, vamos ver um futuro muito melhor”, finaliza.

Leia também

CMOC Brasil divulga oportunidade(s) para Engenheiro de Produção Pl (Sulfúrico e Fosfórico) – v2070695

Descrição CMOC Cubatão Reporte: Coordenador de área Áreas: 01 vaga para Fosfório…