Participe do nosso grupo e tenha um currículo capaz de atrair 5X mais entrevistas

Klaus Vedfelt/GettyImagesRevise seus objetivos informalmente ao longo do ano, se possível, para garantir que permaneça na mesma página

Resumo:

  • Conversar com quem faz sua avaliação de desempenho e delimitar claramente suas metas profissionais, pode ajudá-lo na hora de recusar tarefas fora do seu escopo;
  • Tenha bons motivos para dizer “não” aos pedidos;
  • Coloque-se no lugar do seu interlocutor e transmita a mensagem com respeito e cuidado;
  • Esteja aberto a mudanças que possam auxiliar em seu processo de crescimento profissional, mas recuse o que eventualmente possa sobrecarregá-lo.

Um amigo compartilhou recentemente que mais uma vez se viu negociando com seu filho de dez anos. Aparentemente, a criança é mestre em acordos. Finalmente, meu amigo disse a ele: “A palavra ‘não’ é uma frase completa”.

VEJA TAMBÉM: 4 dicas para dizer “não” sem parecer estúpido

Na época eu ri, mas isso me fez pensar sobre o quanto eu desejava que alguém tivesse me ensinado mais cedo essa importante mensagem. Minha carreira profissional teria sido mais gratificante (e eu provavelmente teria dormido muito mais).

Talvez tenha sido a época em que fui criado, mas quase nunca ouvi a expressão “não” no local de trabalho. Nas poucas vezes em que aconteceu, notei que as pessoas que ousaram nunca mais foram vistas e ouvidas. Alguém provavelmente ficou mais do que feliz em assumir a posição. Simplesmente aceitamos o fato de que, quando o chefe pede algo, não é exatamente um pedido. Muitas vezes, ele nem espera ouvir uma resposta: sabe que será afirmativo se você quiser ter um futuro na empresa.

Minha vontade de ir mais rápido toda vez que um novo projeto ou tarefa crescia ajudou minha carreira? Com certeza. Eu fui inspirado e me senti realizado em minha vida profissional? Às vezes. Tive momentos de emoção em minha vida pessoal? Raramente.

Veja, na galeria de imagens a seguir, 7 dicas para dizer “não” no local de trabalho:

  • 1. Defina seus objetivos profissionais com quem conduz sua avaliação de desempenho

    Por exemplo, se você tiver uma meta de vendas definida para o ano, assumir tarefas não relacionadas a essa meta poderá afetar negativamente a probabilidade de atingi-la -seu chefe poderá entender se você recusar gastar algum tempo extra em itens não relacionados aos seus objetivos. O exercício de estabelecer alvos assume muito mais importância nesse contexto. Revise seus objetivos informalmente ao longo do ano, se possível, para garantir que permaneça na mesma página e possa fazer pequenos ajustes necessários caso os planos mudem.

  • 2. Tenha clareza sobre os seus motivos

    Ao recusar um pedido no trabalho, verifique se seus motivos são bons. Por exemplo, se você confia em seus colegas e líderes, não deve haver a tentação de usar a palavra “não” para manipular um resultado. Também não é de bom tom deixar de fazer algo porque é difícil ou você não gosta, especialmente quando a tarefa pode ajudá-lo a atingir seus objetivos pessoais.

  • 3. Pense na melhor forma de entregar a mensagem

    Isso é especialmente importante se a resposta for uma surpresa. Talvez você sempre tenha aceitado tudo o que lhe é solicitado, mas agora sinta a necessidade de recuar nessa abordagem. Seja auto-consciente o suficiente para ser autêntico ao entregar esta mensagem. As palavras são poderosas, então pense em como vai dizer. Novamente, se você tem um relacionamento de confiança com seu interlocutor, é um ótimo começo -e sua disposição em se abrir com honestidade pode fortalecer esse laço de confiança.

    As palavras escolhidas são ainda mais críticas se você não tiver um relacionamento sólido com quem vai receber a mensagem. Ao pensar na forma como vai dizer, tente considerar a situação que sua recusa criará para essa pessoa. Provavelmente, serão necessárias várias tentativas para entregar a mensagem de forma eficaz.

  • 4. Esteja aberto para aceitar mudanças

    Raramente temos a oportunidade de começar um trabalho do zero, a menos que estejamos em uma nova posição. Se você está tentando transformar sua atual função, esteja disposto a aceitar mudanças incrementais, mas recuse o que não valer a pena, como horas extras. Uma mudança abrupta pode causar problemas reais relacionados a recursos para o seu chefe. Tenha essa conversa difícil, conforme necessário, e você provavelmente ficará muito feliz com a posição dele.

    E se quem estiver recebendo o “não” for você?

  • 5. Ouça ativamente o que o seu interlocutor diz

    Não deixe sua mente vagar enquanto pensa em uma resposta (se você concorda, discorda ou questiona o que a pessoa realmente deseja), apenas ouça. Esta é uma ótima oportunidade para levar o relacionamento profissional a um nível mais profundo. Se você puder realmente prestar atenção e se colocar no lugar do outro, a pessoa saberá que foi ouvida, e esse é um ponto importante no desenvolvimento da confiança em um nível mais profundo. Se você valoriza a contribuição dessa pessoa enquanto funcionária, ouvi-la é um bom uso do seu tempo.

  • 6. Tenha conversas difíceis

    Se um funcionário de alto potencial chega a você e diz “não”, esteja disposto a se envolver nessa conversa difícil e resolver o conflito que isso pode gerar. Sua disposição provavelmente tornará os colaboradores mais leais e os ensinará a trabalhar efetivamente diante de uma situação adversa.

  • 7. Veja se é preciso ter conversas semelhantes com outros

    Pense em quanta coragem foi necessário para a pessoa chegar até você com essa nova mensagem sem saber qual seria sua reação. Se um funcionário tenta ter essa conversa, é provável que outros também estejam no mesmo barco. Use isso como uma oportunidade para formar uma equipe baseada em confiança. Pergunte a ele de que forma você pode liderá-los e ajudá-los a atingir seus objetivos profissionais, sem deixar de lado a inspiração e o foco na obtenção dos resultados pelos quais a equipe é responsável.

    Se você é um profissional de alto desempenho que deseja recuperar o controle do seu tempo enquanto atinge seus objetivos, saber dizer “não” é uma das habilidades mais impactantes que você pode desenvolver. Se você gerencia pessoas e sabe receber um “não”, esse é um passo importante para um relacionamento mais forte com sua equipe.

1. Defina seus objetivos profissionais com quem conduz sua avaliação de desempenho

Por exemplo, se você tiver uma meta de vendas definida para o ano, assumir tarefas não relacionadas a essa meta poderá afetar negativamente a probabilidade de atingi-la -seu chefe poderá entender se você recusar gastar algum tempo extra em itens não relacionados aos seus objetivos. O exercício de estabelecer alvos assume muito mais importância nesse contexto. Revise seus objetivos informalmente ao longo do ano, se possível, para garantir que permaneça na mesma página e possa fazer pequenos ajustes necessários caso os planos mudem.


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).

Saiba tudo sobre empregos, estágios, cargos públicos e muito mais no Notícias de Emprego

Leia também

Confidencial divulga oportunidade(s) para Analista Contábil _Temporário

Principais atividades Preparação/revisão das reconciliações contábeis; Preparação/revisão …