Trabalhadores com direito ao saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) podem conseguir aumentar o limite do crédito consignado utilizando o benefício. A opção é válida para quem aderir à modalidade de saque-aniversário, com início do calendário para abril. 

Os empréstimos acontecem sob forma de antecipação dos valores referentes ao saque-aniversário, o que pode ocasionar em liberações com limites mais altos. Segundo o Secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, o novo produto deverá impulsionar o índice de contratações do consignado, chegando à margem de R$ 11 bilhões só esse ano. 

Modelos parecidos

As concessões acontecerão de forma parecida com o que acontece nos processos de antecipação do Imposto de Renda(IR) e do 13º terceiro salário, pagos anualmente pelos bancos. A única diferença está no prazo. Isso porque a antecipação dos saques terão como previsão o tempo de dois anos, o mesmo utilizado na carência da modalidade de saque-aniversário.

“A pessoa que quiser pegar por dois anos tem a melhor garantia do mercado, então a taxa (de juros) vai ser baixinha. Agora, à medida que ele for querendo pegar por mais tempo, ele pode? Pode, só que a taxa que o banco ofertar é um pouco diferente”, disse o secretário.

Hoje, a linha de crédito mais vantajosa oferecida pelas financeiras é voltada ao servidor público, com taxas de juros a 1,4% ao mês. Quando lançado, o novo consignado utilizando o FGTS tem como expectativa oferecer taxas mensais de juros a 2%.

Outra vantagem desse modelo está na garantia de pagamento em caso de morte do titular, visto que por já estar disponível no fundo, o dinheiro terá como único destino o pagamento do débito deixado pelo falecido.

Implementação

O período de regulamentação  do empréstimo consignado, que terá como garantia os resgates anuais feitos na modalidade de saque-aniversário, tem previsão de conclusão em até 2 meses. Conforme diz o secretário, os atrasos podem ser atribuídos às complexas modalidades que envolvem a elaboração do projeto. 

Por tudo isso, quem se interessou pelo serviço pode começar o processo pela adesão à modalidade aniversário até o último dia do mês de nascimento do beneficiário, caso ele queira receber ainda em 2020. Criada em 2019, a opção permite retiradas anuais a uma parte do Fundo no mês de aniversário do trabalhador.

Para mais informações, consulte o site da Caixa na aba referente à modalidade.

Leia ainda: FGTS: Qual o valor do saque imediato para fevereiro de 2020? Veja

Saiba tudo sobre empregos, estágios, cargos públicos e muito mais no Notícias de Emprego

Leia também

Rede D’Or São Luiz divulga oportunidade(s) para Maqueiro – Transporte – Hospital Assunção – v2055453

– Formação: Auxiliar de Enfermagem – Cursando – Registro em conselho ou …