Na próxima sexta-feira, dia 6 de dezembro, a Caixa Econômica Federal (CEF) irá liberar mais um lote de pagamento do saque-imediato do FGTS. Desta vez, para trabalhadores nascidos em agosto. O valor disponível é de até R$ 500 para contas ativas e inativas, podendo chegar a R$ 1.500. Clientes que possuem conta no banco já receberam o valor automaticamente.

A medida integra proposta do governo Bolsonaro que busca aquecer a economia e o mercado. O saque-imediato está disponível para cerca de 4,6 milhões e os valores totais chegam a quase 1,68 bilhão.

Até o momento, trabalhadores que não são correntistas da Caixa e que fazem aniversário entre janeiro a agosto já podem realizar o saque. De 6 a 18 de dezembro todos os trabalhadores do Brasil, dentro dos requisitos de saque, já terão valores disponibilizados.

Calendário de saques

Clientes que possuem conta na Caixa já receberam o valor debitado automaticamente na conta. Demais clientes podem consultar o calendário de saques e ir até uma agência do banco para ter acesso ao benefício. Consulte o calendário de saque-imediato do FGTS:

  • Nascidos em janeiro: já podem sacar
  • Nascidos em fevereiro e março: já podem sacar
  • Nascidos em abril e maio: já podem sacar
  • Nascidos em junho e julho: já podem sacar
  • Nascidos em agosto: já podem sacar
  • Nascidos em setembro e outubro: saque disponível a partir do dia 6 de dezembro
  • Nascidos em novembro e dezembro: saque disponível a partir do dia 18 de dezembro

A data limite para saque é até 31 de março de 2020. Caso não seja feito até o dia, os valores retornam para a conta de FGTS do trabalhador, sem qualquer ônus.

Outras informações

O saque-imediato não tira do trabalhador o direito de sacar o valor total do FGTS, em casos de demissão sem justa causa, aposentadoria, compra da casa própria ou outras regras garantidas em lei. Além disso, sacar o valor não significa adesão ao saque-aniversário nem perda do direito à multa rescisória de 40% paga na demissão sem justa causa.

Atendimento

Os pagamentos estão sendo realizados pela Caixa, nos correspondentes Caixa Aqui, agências e lotéricas. Na hora de ir ao local de saque – no caso de não correntistas – é importante que o trabalhador esteja com a carteira de trabalho, RG, CPF e, caso possua, o cartão cidadão com respectiva senha.

Para mais informações sobre o FGTS, o beneficiário pode acessar o aplicativo “Meu FGTS”, que está disponível para iOS e Android. Por meio dele é possível consultar se tem valores disponíveis e se estão disponíveis para saque. Também há atendimento pelo site fgts.caixa.gov.br e pelo telefone 0800-724-2019 – disponível 24 horas por dia.

Confira também: FGTS: Caixa prepara calendário para saque de R$ 998 por conta

Saiba tudo sobre empregos, estágios, cargos públicos e muito mais no Notícias de Emprego

Leia também

Confidencial divulga oportunidade(s) para Analista de Faturamento

Formação Necessária: Curso Superior completo em Administração, Contábeis, ou áreas afins. …