Na última terça-feira, 11, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) oficializou em portaria publicada no Diário Oficial da União, o aumento de R$ 6 no piso dos benefícios que são pagos a partir da folha de pagamento de fevereiro.

Sendo assim, para quem recebe aposentadoria, pensões por morte ou qualquer outro benefício, a partir  da quarta-feira,19, serão depositados valores que não podem ser menores do que o novo salário mínimo de R$ 1.045.

Lembrando que em janeiro, o piso do benefícios já tinha sido ajustado de R$ 998 para R$ 1.039, sendo que o aumento de fevereiro se deu em decorrência do ajuste da inflação do ano de 2019.

Vale destacar ainda que a portaria publicada nesta terça também reafirmou o reajuste de 4,48% para benefícios acima do piso, assim como o novo teto previdenciário de R$ 6.101,06. Esse é o  valor máximo que um beneficiário da Previdência poderá receber em 2020.

Entenda o aumento

Após o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgar que o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) havia fechado 2019 em 4,48%, ou seja, acima dos 4,1% aplicados para corrigir o piso salarial no início de 2020, o governo de Jair Bolsonaro decidiu atualizar o valor.

O INPC é o índice oficial de inflação para reajustes de benefícios previdenciários, sendo que a atualização do piso com valor inferior poderia ser considerado um ato inconstitucional.

Além do valor mínimo e máximo que os beneficiários poderão receber em 2020, também foram confirmados os valores de atualização proporcional de benefícios concedidos ao longo de 2019.

Agora, a reposição proporcional varia de 1,22% que será o reajuste aplicado às rendas concedidas em dezembro, até 4,48% para quem se tornou beneficiário em janeiro ou antes.

Benefícios do INSS

Caso tenha alguma dúvida sobre os benefícios do INSS, a página do instituto traz uma listagem de todos eles com as respectivas regras para conseguir. Confira abaixo quais são os mais procurados e clique nos links para saber mais:

Para mais informações, acesse ainda a Central de Serviços Meu INSS  que é uma ferramenta criada para facilitar a vida dos segurados. O sistema pode ser acessado por meio de  computador ou celular.

A ferramenta permite fazer agendamentos, solicitar benefícios, serviços e realizar consultas. O segurado acessa e acompanha todas as informações da sua vida laboral (ou seja, sua história de trabalho) como dados sobre contribuições previdenciárias, empregadores e períodos trabalhados.

Para utilizar esses serviços é necessário se cadastrar e obter senha no próprio site. Em caso de dúvida, ainda é possível ligar para o telefone 135.

Veja também: Correção das alíquotas: Veja quanto você vai pagar de contribuição para o INSS em 2020

Saiba tudo sobre empregos, estágios, cargos públicos e muito mais no Notícias de Emprego

Leia também

Rede D’Or São Luiz divulga oportunidade(s) para Maqueiro – Transporte – Hospital Assunção – v2055453

– Formação: Auxiliar de Enfermagem – Cursando – Registro em conselho ou …