Connect with us

Notícias

Captei oferece salários até R$ 8.000; veja vagas de emprego na área tech

Artigo

em

A Captei, plataforma de busca de imóveis, está com seis vagas de emprego em tecnologia que possuem salários que vão de R$ 6.000 a R$ 8.000. A empresa de gerenciamento de APIs Sensedia abriu 58 vagas no Brasil inteiro, incluindo arquitetura e desenvolvimento de TI. Já a empresa de saúde Eurofarma abriu mais de 250 vagas de trabalho em mais de 30 áreas. Veja as vagas de trabalho desta semana no Canaltech.

Captei

A proptech B2B está com 12 vagas de trabalho, a maioria para atuação híbrida com algumas atividades presenciais na sede da empresa, em Florianópolis (SC) Já as vagas para desenvolvedores são totalmente remotas. Os cargos são três para closer em vendas, dois para analista de pré-vendas, um para analista de sucesso do cliente, dois para desenvolvedor(a) Python pleno(a) e quatro para desenvolvedor(a) frontend pleno(a). Os seis cargos em tecnologia possuem salários que variam de R$ 6.000 a R$ 8.000. Além disso, a Captei possui convênio odontológico, além de sala de jogos e café da manhã no espaço de trabalho. Mais informações aqui.

LEIA TAMBÉM

Sensedia

A empresa de gerenciamento de APIs e microsserviços abriu 58 vagas para profissionais do Brasil inteiro, por trabalho remoto. A maioria delas concentra-se nas áreas STEM (Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática, em português), mas também há em marketing, recursos humanos e estágios. Em tecnologia, as principais vagas são para arquitetura e desenvolvimento de TI. Conhecimentos em Java, nuvem, APIs e microsserviços são alguns requisitos dos cargos. Para se inscrever, os candidatos devem acessar a página de carreiras da Sensedia.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Eurofarma

A empresa de saúde abriu mais de 250 vagas de trabalho em mais de 30 áreas, como administração, área médica, comunicação, marketing, produção, tecnologia e vendas, entre outras. A lista de vagas está neste link, e as etapas dos processos seletivos serão todas virtuais.

Solfácil

A empresa de energia solar tem mais de 200 vagas para diferentes níveis, em áreas como pessoas & cultura, marketing, finanças, jurídico e mercado de capitais, comercial, tecnologia, produto, marketplace & serviços, IoT, finanças, risco e cobrança. É possível escolher entre modelos remoto e híbrido de trabalho, além da flexibilidade de horário e benefícios como convênio médico, plano odontológico, vale transporte e outros. As inscrições podem ser feitas no site de carreiras da Solfácil.

Vagas de emprego: desenvolvedores da Captei têm salários de R$ 6.000 a R$ 8.000 (Imagem: Envato/poungsaed_eco)

Zenvia

A plataforma de comunicação para empresas está com cerca de 30 vagas abertas para trabalho remoto em tecnologia, em cargos como desenvolvedor(a) backend, desenvolvedor(a) full stack, desenvolvedor(a) frontend, engenheiro(a) de observabilidade e gerente de produto. A empresa exige soft skills como visão sistêmica, flexibilidade, boa comunicação, raciocínio lógico, empatia e proatividade. Alguns benefícios oferecidos são participação de lucros e parceria com escolas de tecnologia, negócios e idiomas. Os interessados podem acessar as vagas aqui.

180º Seguros

A insurtech abriu 13 vagas em comunicação e marketing, finanças, tecnologia, pessoas e experiência do cliente. As funções são para todo o país, com vagas afirmativas para pessoas negras e trans, além de benefícios como Gympass, férias flexíveis e auxílio creche. Para saber mais, clique aqui.

Softplan

A desenvolvedora de software está com 40 vagas de emprego abertas nas áreas de desenvolvimento, suporte, recursos humanos, marketing, capacitação e financeiro. A empresa trabalha atualmente nos modelos remoto ou híbrido; o candidato escolhe o de sua preferência, exceto em casos específicos. Para se candidatar, basta acessar o site da empresa.

Ramper

A martech de geração de negócios B2B abriu 15 vagas de emprego nas áreas de marketing (analistas de performance, conteúdo em mídias sociais, SEO e marketing de produto), recursos humanos (analista de RH), tecnologia (desenvolvedor(a) backend, frontend, full stack e UX researcher), sucesso do cliente (analistas CSM, onboarding e coordenador(a) de suporte, entre outros) e vendas (executivo de conta). As inscrições podem ser realizadas no site.

Plataforma de gestão de restaurantes Zak está com mais de 50 vagas de emprego (Imagem: Christina Morillo/Pexels)

Zak

A plataforma de gestão de restaurantes está com mais de 50 vagas. Das 52 vagas disponíveis, 25 são para tecnologia em modelo remoto e dez para vendas, sendo alocadas em Goiás, Brasília, Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro, litoral e interior de São Paulo. As demais são para as áreas de CX, dados, jurídico, marketing, operações, pessoas e produtos, em modelo de trabalho híbrido, com disponibilidade para atuar no escritório em São Paulo. A empresa oferece benefícios como vale alimentação, refeição, saúde, auxílio home office e Gympass. As vagas estão disponíveis na página de carreiras da Zak.

Luz

A financeira está com 17 vagas abertas no modelo de trabalho remoto ou híbrido/presencial nos escritórios das cidades de São Paulo ou São Carlos (SP). Em tecnologia, busca-se cinco desenvolvedores juniores, dois plenos e um sênior. Há ainda duas vagas para DevOps pleno e duas para especialista em desenvolvimento de software. A empresa também busca dois analistas de produto júnior, um pleno, um profissional para a área comercial e um designer de produto pleno. Os interessados podem cadastrar os currículos no link.

Bling

O Bling e a Pagcerto, ambas do grupo Locaweb, anunciam vagas nas áreas de desenvolvimento, tecnologia e suporte ao cliente. Há quatro vagas para desenvolvedor full stack, três plenos e uma afirmativa para mulheres, além de desenvolvedor mobile e analista de segurança de informação. A Pagcerto busca dois analistas de sistemas plenos e um sênior. Os interessados podem se candidatar na seção de carreiras do site do Bling, no banco de talentos exclusivo para pessoas com deficiência e também no site da Pagcerto.

Routeasy

A startup de logística está com cinco vagas para áreas como financeiro e desenvolvedor. As vagas variam entre efetivo e pessoa jurídica e no modelo presencial (em São Paulo) ou em forma de home office. Interessados podem acessar mais informações no link.

Notícias

Como cancelar o cartão Nubank

Artigo

em

Por

Cancelar o cartão Nubank é um procedimento que pode ser feito no aplicativo do banco digital para Android e iPhone (iOS). Por medida de segurança, a fintech só permite efetuar o cancelamento pela função de chat, para que um atendente confirme a a solicitação.

É possível cancelar o cartão Nubank manualmente, mas há casos que o próprio Nubank cancela o vínculo do cliente com o banco. Veja a seguir como abrir um pedido para cancelar o cartão Nubank e em quais casos essa medida é adotada pela empresa do “roxinho”.

LEIA TAMBÉM
  1. Abra o app do Nubank no celular;
  2. Toque no ícone de “Ajuda” (um ponto de interrogação), no canto superior direito;
  3. Toque no botão “Converse com a gente” e depois “Conversar pelo chat”;
  4. Solicite o cancelamento do cartão;
  5. Aguarde o atendente confirmar seus dados;
  6. Ao final, se estiver de acordo, confirme o processo para cancelar o cartão Nubank.
Acesse a aba “Ajuda” no app para cancelar o cartão Nubank no atendimento via chat (Captura de tela: Caio Carvalho)

E pronto.

Se você quiser cancelar o cartão Nubank fora do aplicativo, a companhia ainda oferece outros canais. Por telefone, através do número 0800 608 6236, ou pelo e-mail [email protected] (sem aspas).

Bloqueio e cancelamento do cartão Nubank

Bloquear o cartão Nubank é diferente de cancelar o cartão Nubank. Ambas as ações podem ser feitas pelo usuário ou pelo próprio Nubank, mas possuem consequências distintas para o cliente.

O bloqueio é uma medida temporária e reversível. O cliente pode pedir o bloqueio do cartão em caso de perda, roubo e outras situações. O Nubank também pode bloquear o cartão caso o cliente não envie documentos que comprovem sua identidade ou renda, se identificar atividade suspeita no histórico de compras ou se a fatura estiver atrasada há alguns dias.

Já o cancelamento do cartão é definitivo. Se o usuário completar a solicitação, ele encerrará o vínculo com o Nubank e, caso queira ser cliente novamente, precisará refazer o cadastro e pedir um novo cartão.

Por que meu cartão Nubank foi cancelado?

O Nubank cancela um cartão somente em cenários muito específicos:

  • Se a fatura do cartão de crédito ficar em atraso por muito tempo;
  • Se o usuário ficar mais de 1 ano sem fazer novas compras;
  • Se o Nubank considerar que a segurança do cliente ou do banco está ameaçada.

Nas duas primeiras opções, o Nubank entra em contato com o cliente antes de cancelar o cartão, de fato. O banco fornece soluções para pagar compras em atraso ou questionar se o usuário ainda tem interesse em manter o cartão, mesmo sem usá-lo. Para o cancelamento por suspeita de ameaça, o Nubank não informa o motivo para encerrar o cartão.

Cartão Nubank pode ser bloqueado ou cancelado pelo cliente ou o próprio Nubank (Imagem: Caio Carvalho)

Preciso pagar a fatura antes de cancelar o cartão Nubank?

Sim. Se houver algum débito pendente, como fatura em atraso ou compras parceladas, você precisará quitar sua dívida antes de prosseguir com o cancelamento. Caso contrário, seu nome poderá ser incluído em listas de proteção ao crédito.

Posso cancelar só a função crédito do Nubank?

Sim. Durante o chat com o atendente do Nubank, você pode solicitar o cancelamento apenas do cartão de crédito e manter a função débito. E vice-versa: também dá para cancelar a conta do Nubank e manter somente o cartão de crédito.

Tenho valores sobrando no Nubank. Posso pedir o cancelamento?

Sim, mas somente após transferir os valores para outra conta bancária. Se você tiver crédito em compras na fatura do cartão ou saldo positivo na NuConta, informe dados de outra conta no chat com o atendente. Assim, você não perde o crédito antes de cancelar o cartão Nubank.

Continue lendo

Notícias

Saiba como comprar imóveis usando milhas do cartão de crédito – com descontos de até 80%

Artigo

em

Por

cartão
Especialista no mercado imobiliário revela tática para usar a pontuação da sua fatura para comprar casas e apartamentos abaixo do preço do mercado. (Imagem: pexels).

Se você tem cartão de crédito e o usa para pagar suas despesas correntes, pode estar perdendo uma oportunidade excepcional.

Se você mora de aluguel ou então deseja adquirir um imóvel para morar, alugar ou lucrar em cima da venda, essa oportunidade acaba de ficar ainda mais espetacular.

LEIA TAMBÉM

Isso porque um dos maiores especialistas do mercado imobiliário brasileiro está prestes a revelar uma tática até antes desconhecida por quase 100% dos investidores: a de usar pontos ou milhas do cartão de crédito para adquirir imóveis vendidos por uma “pechincha”.

Ele já é extremamente reconhecido no mercado por garimpar as melhores ofertas de imóveis. Estou falando de apartamentos de R$ 480 mil, comprados por R$ 240 mil, por exemplo. Ou de casas compradas por R$ 29 mil.

O especialista já ensinou centenas de pessoas a fazer negócios desse tipo. 55 delas, inclusive, já fizeram vendas superiores a R$ 1 milhão.

E para começar, não é preciso ter todo o dinheiro disponível no bolso. Preocupado com quem está quebrado, o especialista, que já foi servente de pedreiro, ensina como conseguir dinheiro para fazer o negócio.

Agora, ele foi além: desenvolveu uma tática para usar milhas do cartão, que você acumula sem pagar nada, apenas com suas despesas normais, para este objetivo.

Os bancos com os quais você tem cartão não querem que você saiba dessa chance. Afinal, são eles mesmos que ganham rios de dinheiro com os juros absurdos do financiamento imobiliário.

Se você tem interesse nessa oportunidade, clique neste link para fazer sua inscrição gratuita para o workshop ministrado por esse especialista.

A Masterclass acontece no dia 23 de maio, às 19h, e as vagas podem se encerrar, dependendo do número de interessados.

Continue lendo

Notícias

Vagas de emprego: Fundação e Supermercado abrem processo seletivo com 200 oportunidades em Curitiba

Artigo

em

Por

Uma rede de supermercados está com vagas de emprego abertas na cidade de Curitiba. As entrevistas acontecerão amanhã, 24, e os candidatos precisam comparecer com o currículo; saiba mais.

Vagas de emprego: Fundação e Supermercado abrem processo seletivo com 200 oportunidades em Curitiba
Vagas de emprego: Fundação e Supermercado abrem processo seletivo com 200 oportunidades em Curitiba (Imagem: FDR)

Oportunidade de trabalho para os moradores de Curitiba, a Fundação de Ação Social (FAS) e uma rede de supermercados vão realizar quatro processos seletivos para contratação de profissionais que vão atuar em uma unidade do supermercado.

LEIA TAMBÉM

Vagas de emprego Curitiba

Ao todo, estão abertas 200 vagas de emprego para os seguintes cargos:

  • Auxiliar de produção.
  • Conferente/recebimento
  • Cozinheiro
  • Fiscal de loja
  • Motorista de caminhão truck
  • Operador de caixa
  • Repositor e auxiliar de logística
  • Zelador

Inscrições

Para participar da seleção é necessário fazer o agendamento através do site da Prefeitura ou pelo aplicativo Sine Fácil.

A seleção dessa terça-feira, 24, acontece no Cras Bairro Novo, no Sítio Cercado, e na quinta, 26, no Cras do Parolin, Rua Francisco Parolin. A última seletiva é feita no Cras Corbélia, no bairro São Miguel no dia 31.

O atendimento aos trabalhadores será das 9 às 12 horas.

Dicas para mandar bem na entrevista

Em busca de emprego? A entrevista é um momento muito importante para estabelecer o primeiro contato com os recrutadores e deixar uma boa primeira impressão; separamos algumas dicas que podem te ajudar nesse processo.

  1. Chegue no horário, se possível, até mesmo uns minutos antes do horário marcado;
  2. Pesquise sobre a empresa, assim, você terá condições de interagir mais e se destacar;
  3. Cuidado à roupa, o ideal é vestir roupas menos decotadas e curtas, para os homens é interessante evitar bermudas;
  4. Fale de você, de que forma você pode agregar para a empresa, lembre que o seu currículo tem que confirmar o que você falar na entrevista;
  5. Pergunte, aproveite que você pesquisou sobre a empresa e faça perguntas interessantes para os recrutadores.

Para saber mais sobre vagas de emprego, vestibulares e cursos, acompanhe a editoria de Carreiras do FDR.

MAIS LIDAS

Jamille Novaes

Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.

Continue lendo
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

TAGS

+ VISTOS