Connect with us

Notícias

Blog traz matéria especial dos 24 anos de criação do Parque Maeda em Itu

Artigo

em

Parque Maeda de Itu
Parque é uma das maiores indústrias do turismo rural do Estado e tem 640 hectares de muita vida, lazer e tranquilidade para todos os gostos (reprodução)

Filho do fundador explica história do maior parque turístico da região, que emprega 200 trabalhadores diretos e tem atrações para 2 dias de visita; Arena Maeda pode receber eventos para até 50 mil pessoas

O Parque Maeda de Itu é referência estadual e nacional no que é a força do turismo rural e completou ontem, dia 6 de janeiro, o 24º aniversário de criação oficial, com projetos e perspectivas para continuar crescendo ainda mais em acolhimento, qualidade e quantidade de atrativos para pessoas de todas as idades e em beleza.
Para falar sobre a passagem do 24º aniversário do Parque Maeda, gravamos uma entrevista com Henrique Maeda, filho do fundador André Taneyoshi Maeda.
Confira um pouco do nosso bate-papo e clique aqui para ver tudo desta verdadeira indústria do turismo rural, que gera emprego, renda e em sintonia com a natureza. São 640 hectares de fazenda projetado e construído para receber o visitante com conforto, segurança, opções de lazer, alimentação e estadia, em meio a uma rica natureza, onde cada detalhe segue o esmero, o carinho e o cuidado típicos dos japoneses, onde nada escapa ao controle e à projeção.

Henrique Maeda
Henrique Maeda recebeu a reportagem do Blog para falar do aniversário comemorado no dia 6

Blog – O Parque Maeda foi projetado ou seu surgimento foi um processo gradual? Como foi?
André – Oficialmente o parque surgiu em 6 de janeiro de 1998, mas sua formação foi um processo natural. Meus pais vieram plantar tomate em Itu e nunca tiveram a ideia de criar um parque turístico e de lazer. A gente plantava tomates e tinha alguns tanques. Aos fins de semana os trabalhadores pediam para pescar no local e isso trazia mais gente. Construímos banheiros porque as pessoas pediam e depois sugeriram um espaço para poderem comer, beber algo. Com o tempo as pessoas sugeriram que poderia ter algo mais que apenas pesca e as atrações foram surgindo conforme a necessidade até vermos que seria interessante criarmos oficialmente o parque.

LEIA TAMBÉM

LEIA TAMBÉM

Parque MAeda
André, ao centro, trouxe família do Paraná para plantar tomate há mais de 30 anos e acabou se especializando em turismo rural (foto: jornal de Itu / reprodução)

Blog – Hoje, quantas atrações há neste local que é uma verdadeira indústria, de lazer, convívio com a natureza e entretenimento?
Henrique – Temos muita coisa. Pesca, parque aquático com toboágua, piscina para crianças e adultos, temos playground completo, passeios na estufa de morango, no pomar de lichia, de jaboticaba, passeio de trem, teleférico, restaurante. Temos a arena de eventos, temos a pousada. Além da pesca no parque temos a pesca no tancão, no tanque de engorda. São pesqueiros independentes. Temos os brinquedos aquáticos, o passeio de helicóptero, de quadriciclos, com animais, temos o Jardim Japonês e outras atrações.

Noite do Sushi do Maeda
Noite do Sushi, realizada mensalmente antes da pandemia, atrai centenas de pessoas (foto reprodução – evento antes da pandemia)

Blog – Dá para visitar tudo isso em um único dia?
Henrique – Não dá. Tanto é que nosso pacote mais vendido na pousada é para quem entra na sexta e sai no domingo. São duas diárias. Ninguém compra só uma diária, para aproveitar tudo com mais calma. Grande parte do nosso público, inclusive na pousada, vem da Grande São Paulo ou de cidades ainda mais longe e a pessoa precisa pegar estrada. Por isso ela procura a pensão completa e para aproveitar as atividades sem correr, preferem os dois dias.

Blog – Qual foi o recorde de visitantes no parque em um único dia, sem contar os eventos da Arena?
Henrique – Tivemos antes da pandemia, em um domingo, 7 mil pessoas nos honrando com a presença delas. Eram pessoas do Estado inteiro. No réveillon deste ano tivemos gente até do Nordeste.

Blog – Para funcionar essa “indústria turística” precisa de um quadro de colaboradores grande. Quantas pessoas atuam com vocês?
Henrique – Sem considerar os que alugam nossas barracas, entre registrados e terceirizados, temos cerca de 200 colaboradores.

Blog – Para este ano vocês planejam novos investimentos, afinal o turismo exige novidade sempre?
Henrique – Temos projeto para um mezanino, para atender o salão de passaporte. Quem compra o passaporte, tem um espaço separado porque come à vontade e esperamos aumentar a área com esse mezanino.
Meu pai quer fazer um labirinto com Podocarpo, um tipo de arbusto. Somos um parque turístico focado na natureza e pensamos sempre na família. A ideia é um labirinto natural, com essas plantas. Meu pai já tem o espaço definido, o layout e esperamos em breve instalá-lo.

Blog – Para 2022 há grandes eventos previstos para a Arena Maeda? E o carnaval?
Henrique – O carnaval está complicado confirmar. Os produtores do evento estão receosos com a nova variante da Covid-19 porque é muito investimento envolvido na estrutura, na contratação dos artistas, etc. Falar em carnaval hoje está arriscado.
Mas, para 2022 esperamos continuar recebendo os três festivais de músicas eletrônicas, como a XXXperience, que ocorre anualmente em nosso espaço. Teremos ainda a Trade, a Playground e receberemos também um dos maiores festivais do cenário da música eletrônica, que antes ocorria em Pirassununga. Nosso espaço é maior, estamos perto da capital e com acesso mais fácil. Teremos em março a festa Maya, para mais de 15 mil pessoas.
Nossa arena já recebeu a TomorrowLand, com 50 mil pessoas.

Serviços
O Parque Maeda fica na Rodovia Deputado Archimedes Lammoglia, km 18, Itu-SP
Site: www.parquemaeda.com.br
Redes sociais: #parquemaeda / @parquemaeda e também parquemaeda no youtube.
Telefones:
Parque: (11) 2118-6200
Pousada: (11) 2118-6262
Tancão: (11) 2118-6290
Engorda: (11) 2118-6289
Comercial: (11) 2118-6217
Excursão: (11) 2118-6246

Quer ver mais da história do Parque? Confira esta reportagem do Jornal de Itu, portal de notícias da amiga Rosana Bueno. Clique aqui.

Blog do Nelson Lisboa
pausa para uma selfie da equipe do Blog com o empresário Henrique Maeda

Por último, veja aqui reportagem já divulgada pelo blog a respeito do parque.

Notícias

Suzano Mais Emprego conta com 241 vagas disponíveis | Suzano

Artigo

em

Por

25/01/2022

Suzano Mais Emprego conta com 241 vagas disponíveis

LEIA TAMBÉM

Postos de trabalho abrangem vários segmentos profissionais, inclusive com opções para o primeiro emprego

O projeto Suzano Mais Emprego anunciou nesta semana mais 241 vagas no município e em outras cidades do Alto Tietê. Destas, 171 são voltadas para candidatos que têm o ensino médio completo. Ao todo, são oportunidades para 80 cargos diferentes em diversas áreas profissionais, com opções inclusive para outros níveis de escolaridade. Mais informações podem ser encontradas no site oficial da prefeitura (bit.ly/suzano-emprego).

Entre as principais vagas disponíveis estão pedreiro (10), ajudante de pedreiro (10), armador (6), carpinteiro (6), motorista carreteiro (3), educadora social (2), empregada (o) doméstica(o) (2), ajudante de suporte técnico (2), ajudante de forno do ramo alimentício (1), auxiliar de vendas (1), operador programador de torno CNC – comando Fagor (1). Todas exigem experiência prévia de ao menos seis meses na área com comprovação em carteira de trabalho.

Outro destaque fica por conta do processo seletivo do Grupo Madero, que segue em busca de atendentes de restaurante e auxiliares de cozinha. Ao todo são 100 vagas exclusivas para jovens em busca de uma primeira oportunidade de emprego. A rede de fast food exige escolaridade em nível fundamental completo e disponibilidade para atuar em todo o País, com moradia paga pelo contratante. Para concorrer às vagas, os interessados devem comparecer à sede do Suzano Mais Emprego (avenida Paulo Portela,210 – Centro) no dia 15 de fevereiro com currículo, RG, carteira de trabalho e uma caneta.

Os interessados que se enquadram nos requisitos devem enviar currículo em arquivo “PDF” ou “Word” por e-mail, no endereço eletrônico [email protected], da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego. Em caso de dúvida, o setor realiza atendimento por meio do telefone (11) 4742-5515, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.

De acordo com o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego, André Loducca, o quadro de vagas do projeto muda semanalmente e contempla as mais diversas áreas profissionais. “O ótimo diálogo que temos com os empreendedores e empresários da cidade nos têm permitido promover o encontro entre candidatos e novos postos de trabalho, mediando esta relação e transformando a vida das pessoas”, concluiu.

Continue lendo

Notícias

Sine atende somente pela web: veja as vagas de emprego para Macapá em 26 de janeiro

Artigo

em

Por

LEIA TAMBÉM

Sine capacita e direciona profissionais para o mercado de trabalho — Foto: Jorge Júnior/Rede Amazônica

O Sistema Nacional de Emprego no Amapá (Sine-AP) oferta oportunidades de empregos para Macapá. O número de vagas está disponível de acordo com as empresas cadastradas no Sine e são para todos os níveis de escolaridade e experiência.

Em função da alta de casos e internações pela Covid-19 no estado, o Sine resolveu suspender o atendimento presencial de entrega de currículos para evitar aglomerações.

Com isso, as indicações de vaga devem ser feitas por e-mail. O interessado deve mandar o currículo com o emprego desejado para o endereço: [email protected].

As oportunidades estão disponíveis apenas para o dia divulgado. Veja as vagas ofertadas de acordo com as solicitações das empresas:

  • cozinheira
  • cobrador
  • lavador de carro
  • técnico de refrigeração
  • marceneiro
  • serralheiro
  • servente de obra

VÍDEOS com as notícias do Amapá:

Continue lendo

Notícias

DF tem 267 vagas de emprego nesta quarta. Salários vão até R$ 3,2 mil

Artigo

em

Por

As 14 agências do trabalhador do Distrito Federal estão com 267 vagas de emprego abertas nesta quarta-feira (26/1). São 67 profissões que contemplam pessoas de todos os níveis de escolaridade. Os salários variam entre R$ 200 por dia, oferecidos a diarista, e R$ 3,2 mil mensais, que serão pagos nas três oportunidades para mecânicos de diesel e eletricidade.

Quatro profissões têm vagas para pessoas com nível superior. Há uma oportunidade para analista de planejamento financeiro, formado em contabilidade; outra para pessoa com deficiência formada em tecnologia da informação; e mais uma para quem estuda marketing e deseja trabalhar como técnico de atendimento e vendas. Outras duas são para engenheiros que queiram atuar como técnico orçamentista. Nessas áreas, os salários variam de R$ 1.270,07 a R$ 2,5 mil, mais benefícios.

LEIA TAMBÉM

0

Há também oportunidades que não exigem escolaridade. É o caso de açougueiro (10), ajudante de serralheiro (1), auxiliar de pedreiro (2), confeiteiro (1), lanterneiro (1), montador de veículos (1), pintor de veículos (1), serralheiro (2) e tapeceiro à mão (1). Para estes profissionais são oferecidos salários entre R$ 1.212 e R$ 2 mil, mais benefícios.

Como se candidatar

Para se candidatar a qualquer uma das oportunidades, há dois caminhos: presencial, indo a uma das 14 agências, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, ou pelo aplicativo Sine Fácil.

Mesmo que o candidato não se encaixe em um dos perfis das vagas disponibilizadas no dia, o sistema poderá cruzar informações e encontrar uma oportunidade de acordo com as especificações do currículo.

Oferta das empresas

Empreendedores que desejam buscar profissionais também podem utilizar os serviços das agências do trabalhador. Além do cadastro de vagas, é possível usar os espaços físicos para seleção dos candidatos encaminhados. Para isso, basta acessar o site da Secretaria do Trabalho.

A secretaria também disponibiliza o número de telefone para atendimento em caso de dúvidas referentes a qualquer um dos serviços prestados pela pasta, responsável pelas agências: (61) 99209-1135.

Continue lendo
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

TAGS

+ VISTOS